Críticas construtivas

Eu finjo (muito mal) que sei, mas eu não sei aceitar críticas - construtivas ou não. Ou melhor, as não construtivas eu até aceito numa boa, mas as construtivas realmente me incomodam. É como se tivesse alguém com uma tesoura gigante me podando ao seu bel prazer. Não gosto de ser criticada, não gosto de ser corrigida, não gosto que me digam o que fazer.
Eu não me orgulho de ser assim tão orgulhosa, mas a verdade é que eu sou quase sempre do contra. Não é proposital, juro que não é, mas é que, quanto todo mundo espera que eu faça algo de um jeito, me dá uma vontade tão grande de fazer exatamente o contrário! Claro que eu não faço isso quando a minhas escolhas envolvem outras pessoas, e também não gosto de decepcionar ninguém; mas adoro contrariar aqueles que acham que me conhecem tão bem que nem precisam mais me perguntar sobre o que eu quero ou sobre o que eu sinto. Gosto de provar que meus pensamentos são só meus, e que não há uma lógica que os explique. Porque as pessoas ficam tentando interpretar os outros quando podem simplesmente perguntar?

7 comentários:

João Tainha disse...

Ninguém sabe aceitar críticas. Eu pelo menos não sei.

João Tainha disse...

Quer dizer que você é do jeito que eu procuro?

Madame Morte disse...

E é por isso que todo mundo se fode no final...porque as pessoas sempre esperam algo das outras, seja de uma forma ou de outra.

César Fernández disse...

"Porque as pessoas ficam tentando interpretar os outros quando podem simplesmente perguntar?"
Boa pergunta.
Mas às vezes essas pessoas podem realmente lhe conhecer bem o bastante e se você fizer aquilo que elas esperam vai ser melhor pra todo mundo. (Crítica construtiva pra você ignorar.)

Guilherme Guarnieri disse...

Oi Natália, tudo bem?

Eu poderia usar seu texto para gravar um Monólogo no meu curso de teatro?

Eu gostaria de gravar e usar como material para deixar em agência.

Gostei muito!!!

Posso?

Obrigada
Fernanda

Guilherme Guarnieri disse...

Oi Natália,

Só para explicar, estou usando o e-mail do google do meu marido.

bjs

Fernanda
meu e-mail é: fernandaplvalente@hotmail.com

Fernanda disse...

Oi Natália tudo bem? Esses monólogos são sobre sua vida? Eu os achei incríveis, sou uma atriz iniciante, gostaria de saber se posso gravar alguns e publicar no YouTube, mas preciso de sua permissão antes, obrigada pela atenção.

Bjs, Fernanda Baldissara.