A princesa e a ervilha

Não é que apenas uma princesa possa sentir uma ervilha através de vinte colchões. Todos nós podemos. Mas apenas uma princesa, que possui uma corte inteirinha só para realizar seus desejos, pode se dar ao luxo de se incomodar com uma única ervilha.

Enquanto isso, nós precisamos pesar nossos problemas. Se chove ervilha sobre nossas cabeças, porque haveríamos de nos preocupar justo com a que está quietinha embaixo dos colchões? Na vida real, para não enlouquecer, é preciso engolir sapos ervilhas!

10 comentários:

Marcelo Mayer disse...

e tb pentear o cabelo 100 vezes antes de dormir.

César Fernández disse...

eu sou a ervilha debaixo do seu colchão :/

Rodriguez disse...

O cara de cima me fez rir!!!

O problema é esse, agir como princesa quando não nos cabe...

********************

E o que somos nós se não um pouquinho dos outros e os outros um pouquinho de nós? :)

Fico feliz, sinta-se a vontade! E vamos juntos (re)significando...

;)

Erica Ferro disse...

Não gosto muito de ervilhas, mas tudo bem. =P

Beijo.

P.s: Own...*-* Lindo seu comentário. Pois é, quando achar o que me falta para prosseguir, eu irei, firme. Sinto que tô quase achando, já vejo as cores delas. ;*

Rafael disse...

Tem umas ervilhas dentro do meu ouvido, mas não consigo tirar.

Tiago F. Moralles disse...

Beijar sapos, dentar em ervilhas, maçãs soníferas.
Essas fadas usam mesmo droga né?

Eu, Thiago Assis disse...

Por mais que seja mesmo necessario engolir umas ervilhas no decorrer da vida, eu não gsto de ervilhas e acabo me recusando a aceitar algumas delas vez por outra...

Se não gostam porque eu não aceito, acabam tendo que lidar comigo assim mesmo.

Bertonie disse...

Às vezes a gente precisa engolir algumas ervilhas pra notar que uma poeira fora do lugar não significa grande coisa.

Samuel disse...

Simples assim...
A gente tem muito mais coisas pra se preocupar e com que preocupar os outros... as ervilhas só servem pra comer, quem sabe fazer uma guerra de ervilhas?!

Grande abraço!

Danilo Augusto disse...

Eca!