Filmes de terror

Eu não sei exatamente quando deixei de gostar de filmes de terror. Lembro de locar um monte desses filmes para ver com minhas amigas. A gente assistia a noite, pra dar mais medo, e depois, como ninguém conseguia dormir, ficávamos contando histórias macabras e dando sustos uma nas outras. Foi também nesse tempo que eu comecei a ler Allan Poe, e descobri que não era preciso cenas cheias de efeitos especiais para provocar medo. Poe me deixava perturbada com os medos mais óbvios, como o de ser enterrada viva; quando eu lia os contos dele, parecia que estava ouvindo a trilha sonora de Tubarão.

Mas eu gostava. Na verdade, foi apenas isso que mudou: antes eu gostava de sentir medo. Hoje eu já não sinto o mínimo prazer em levar sustos, ou em ficar tensa, ou em ver gente sendo mutilada pra sofrer até a morte. Filmes de serial killers não me acrescentam em nada. É o tipo da coisa: você já sabe o que vai acontecer, só não sabe como. E é o “como” que causa aquela aflição em quem está assistindo. Filmes sobre fantasmas são melhores (menos ruins) porque dificilmente tem sangue – eu odeio sangue -, mas tem aquele silêncio insuportável que sempre precede um susto. Você sabe que vai levar um susto, só não sabe como. Dessa vez o “como” nos distrai para que sejamos pegos de surpresa. Os roteiristas, diretores, ou seja lá quem cuida disso, criam todo um clima de tensão e se aproveitam dele pra transformar uma coisa ridícula em outra coisa extremamente assustadora - um telefone tocando, por exemplo. E funciona.

Talvez eu seja uma pessoa muito medrosa mesmo e esteja apenas procurando desculpas pra não assistir filmes de terror, ou talvez seja só frescura. Mas fico pensando que o mundo já possui tanto terror, tanta morte, tanto susto inevitável, que é bobagem escolher sentir medo. Ou seja, pra mim, esses filmes são apenas uma ótima desculpa para agarrar meu namorado, cobrir os olhos na camisa dele, e aproveitar pra sentir aquele cheiro gostoso que me faz esquecer todos os meus próprios medos. Mas como eu sei que posso fazer isso a qualquer hora, dispenso o terror. 

17 comentários:

César Fernández disse...

O cheiro da minha camisa deve ser nojento. Mas, sim, você pode fazer isso a qualquer hora. (:
A gente podia ter visto A Princesa e o Sapo ao invés de Atividade Paranormal, né? AUEHAUEHAUHEA

:*

César Fernández disse...

Você teve pesadelo, amor? :x

Natália Corrêa disse...

A Princesa e o Sapo teria sido ótimo!! haha
MUITOS PESADELOS, amor :(
Acho que tem um demônio respirando no meu ouvido... Você vai deixar?

César Fernández disse...

Ah, deixa eu pegar a câmera!

Rafael disse...

Tomara que seu namorado não tenha o suvaco fedido, pra quando você enterrar a cabeça no braço dele.

Ah, e não esquece de tomar seus remédios.
Ahauhauh
BJsss

Mariah disse...

na minha opinião, o nosso medo muda.
abre a Veja, veja o Jornal Nacional, lei ao Etado de São Paulo......você vai sentir muito medo! E o pior é que não é ficção!

Rodriguez disse...

A esse é fraquinho....

Alan Félix disse...

o telefone toca, ela atende, e umavoz diz:

- seven days!


rsrs...

é assustador!

carla l. disse...

Eu nunca senti medo vendo filmes de terror, nem quando era mais nova. Me divirto mais com um bom suspense do que com qualquer filme em que tenha um cara com uma máscara de pânico ou uma serra elétrica, haha.

Erica Ferro disse...

A vida já é deveras aterrorizante. =S
Filmes de terror não são pra mim, não mesmo!

Beijo.

Flor disse...

Como não tenho um namorado, fico com o terror, rsrs.

Um beijo.

Charlie B. disse...

Rá, crimes cometidos por ....

(amei isso), menina vais ficar com três blogs online..eita quando você disse que era faladeira não brincou hein? uahauah Vou seguir também, bju e queijos!

Charlie B.

Sentilavras disse...

hahaha, aaah! q fofo!
eu ainda sou viciada em filmes de terror.
qdo era criança, gostava de passar medo com fred krueger.
o último filme de terror q vi foi "colheita do mal". é bonzinho, só pra passar o tempo, mas depois percebi q não me fez bem. fiquei meio negativa, prevendo coisas ruins... blergh!

Mikaele Tavares disse...

Se pode fazer isso, despense o terror mesmo..rsrs
Cada tem um seu gosto e gosto não se discute.
Beijos

Jaime Guimarães disse...

Edgar Allan Poe é fantástico e já senti calafrios lendo seus contos - assim como H.P.Lovecraft, que na verdade foi bastante influenciado por Poe.

Mas a maioria dos filmes de terror, em meu caso, provocam risos. Alguns sustinhos aqui e ali, mas tem coisas que só rindo mesmo. Bem, ao menos você tem um bom motivo para assistir aos filmes deste gênero rs.

abs!

Maldito disse...

Que nostalgico,..me lembrei que eu tinha o vinil com a trilha sonora de Tubarão,...mas comprei mesmo, porque tinha a trilha de De volta para o Futuro,..ersrs

Matheus Sobral. disse...

heueheuheueheuehue
eu gosto de filmes de terror, eles me divertem. mas se você tem medo de verdade é melhor não ver mesmo...