Crime perfeito

Não há palavras para definir o que eu estou sentindo agora. Não é tristeza, porque a tristeza é conformista, mas também não chega a ser raiva. É uma revolta contra ninguém, porque não existem culpados. Em um crime só de vítimas, nem a vingança consola, mas permanece comigo a sensação egoísta de que alguém deveria ser punido por essa ausência que me dói tão fundo.

16 comentários:

Erica Ferro disse...

Triste. =/

:*

César Fernández disse...

"Alguém deveria ser punido" parece uma fala de algum filme pornô sado-masô...

Mas quem poderia ser mais punido do que já estamos sendo, meu amor?

Natália Corrêa disse...

Meu Deus, que mente é essa! =P

Mais um imundo no mundo impuro. disse...

Eu ri muito com o César, ele quebrou todo o clima de reflexão.

Uriálisson disse...

sim,vontade de culpar alguém pelo que sentimos,não recebemos...talvez todos nos tenhamos um crime ainda pra ser culpado,e mais ainda pra ser vitima

Charlie B. disse...

Eu estou afim de punir alguém, fazer doer bem fundo por dentro, mas quando penso nessas loucuras, só o que dói é uma coisa que eu costumava chamar de coração.

Charlie B.

Menina do Balaio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eva Cidrack. disse...

Mas eu queria pelo menos esse vazio agora... Sabe? :S

A gente sempre acha que alguém tem que ser punido de alguma forma, só pra ter a ilusão de acabar com a nossa própria dor. Ai, tô viajando já.
É o dia, que tá viajado demais. Mas passa, viu menina?! Sempre passa.

Iasminne Fortes disse...

Essa noite tenho encontrado vários textos que me identifiquei. O seu tá sem palavras, e pra mim cada palavrinha que escreveu fez um enorme sentido.

'a sensação egoísta de que alguém deveria ser punido por essa ausência que me dói tão fundo.'

sensação inexplicável!
beijo!

Nasca disse...

culpados nós! por não sabermos o que nos aflige.. quer dizer, sabemos, mas de que adianta só saber?! :*

Luana Gabriela disse...

Nossa, muito bom. Texto ao estilo cortante e profundo de Caio F. Abreu.

E pensando bem, já não seria esse vazio do mundo, uma punição?
Ninguém se sente completo por aqui, acredite.

Bjos

Jaime Guimarães disse...

- O que você tem?
- Nada.
- Se você não tem nada, por que está assim?
- É algo que...não sei.

Um pouco de angústia por alguma coisa. Olha so quanta "indefinição". Somos assim em certos momentos, buscando um rumo, uma causa, um amor, uma raiva.

bj

Coisas de Julianna! disse...

Você é brilhante.. tirou todas as palavras da minha boca!

Sinopse 366 disse...

Ola Natalia,
Deixo aqui seu monologo materializado.
Eu dei aulas para um grupo de interpretação. E como parte do projeto pedi que os alunos fizessem uma pesquisa de textos, para gravarmos. Uma das aulas escolheu o seu. Com umas pequenas mudanças, mas fizemos a nossa leitura do seu texto.
Espero que goste.
http://youtu.be/7IVpaG9VrqA

beijo
Brina

Sinopse 366 disse...

Ola Natalia,
Deixo aqui seu monologo materializado.
Eu dei aulas para um grupo de interpretação. E como parte do projeto pedi que os alunos fizessem uma pesquisa de textos, para gravarmos. Uma das aulas escolheu o seu. Com umas pequenas mudanças, mas fizemos a nossa leitura do seu texto.
Espero que goste.
http://youtu.be/7IVpaG9VrqA

beijo
Brina

Sinopse 366 disse...

Ola Natalia,
Deixo aqui seu monologo materializado.
Eu dei aulas para um grupo de interpretação. E como parte do projeto pedi que os alunos fizessem uma pesquisa de textos, para gravarmos. Uma das aulas escolheu o seu. Com umas pequenas mudanças, mas fizemos a nossa leitura do seu texto.
Espero que goste.
http://youtu.be/7IVpaG9VrqA

beijo
Brina